armadura contra veneno

nestes últimos dias, ela acordou irritada, inquieta, aborrecida. não sabia se era de noites mal dormidas ou das aulas de yoga e outras meditações em falta. desconfiava também das energias que teria absorvido e das rédeas largas que deu aos dias. à procura de respostas, voltou a fechar os olhos… andava claramente a esquecer-se de olhar para dentro. e aí lembrou-se que podia pedir ao universo o que quisesse. e o universo respondeu-lhe, abrindo-lhe o livro que trazia nas mãos na página que ensinava a escolher a armadura contra todos os golpes. “a fé transforma o veneno em água cristalina”. nessa noite, ela deitou-se confiante no repouso do sono e no sorriso que teria pela manhã.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: