um ano de tai chi

ela escutou-o nos corredores do ginásio e sentiu-se novamente menina entre os bosques da Cantábria a ver fadas e duendes entre fetos verdes e lagos. as pernas continuaram a esforçar-se na elíptica – era preciso seguir em frente, seguir em frente, seguir em frente – mas a mente já não estava ali, rodopiando num turbilhão de memórias. porque havia ali algo, porque havia ali uma oportunidade de sabe-se lá o quê, lá foi ela experimentar uma das aulas que ele por ali dava… tai chi? mas o que era aquilo? foi amor à primeira vista. pela energia que emanava daquele homem a quem chamavam de mestre. pelas palavras, poucas mas arrebatadoras, que ficaram cravadas no corpo. pelos movimentos, suaves e tranquilos, que arrastavam poeira de cima dela. pelo pulsar do coração que (finalmente) ouviu, sentiu, de olhos fechados e mãos ao peito.

não tem memória da data para agora festejar com bolo e velas como seria merecido, mas lembra-se bem que, depois da aula, deixou-se cair no sofá sentindo todo um corpo a sair do entorpecimento, incapaz de seguir para o treino que havia planeado fazer nesse dia, porque nada naquela manhã (ou seria tarde) podia seguir o planeado (ou estaria tudo a seguir precisamente o planeado?). encolheu-se naquele sofá num turbilhão de pensamentos e emoções.

ela pode não se lembrar do dia concreto em que isso aconteceu para agora festejar com bolo e velas como se faz num aniversário mas lembra-se que ele se chegou à beira dela, endireitou-lhe as costas e disse “peito aberto para o céu”. foi como se lhe dissessem “acorda”. ela apontou o peito para cima e ainda hoje, quando se encolhe, lembra-se daquele dia, lembra-se daquele momento, lembra-se das palavras, e volta a erguer-se.

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: