no caminho inglês I

etapa I: sergude – carral

partida sob a ameaça de chuva, vento e frio. dia cinzento carregado de nuvens. nunca havia caminhado rumo a Santiago deste modo, de casaco posto, impermeáveis, écharpe. sempre o fizera nas férias de verão, em pleno agosto, e apesar do calor imenso – pensei antes de partir – parecia-me ser mais simples e fácil assim, sem a ameaça de mau tempo. e se a chuva se entranhasse na roupa, no calçado, na mochila e nos deixasse doentes e incapazes de andar? e se passássemos frio à noite? e se houvesse lama que nos enterrasse e impedisse de prosseguir caminho? e se não houvesse sinalização e outros peregrinos?

tanto “se”, tanta insegurança na preparação da mochila, tanto medo irracional a testar-nos. mas fiz do medo um aliado. deixei-o atormentar-me o suficiente… o suficiente para partirmos bem equipadas mas recusei pesos desnecessários: largámos o medo ainda em Corunha, quando a vista alcançou as primeiras setas amarelas e o alcatrão deu lugar a um trilho de terra com verde no horizonte.

tudo o resto o Caminho providenciou – estabelecimentos comerciais que nos acolheram com o maior dos carinhos, improvisando merendas à medida dos nossos desejos; albergue com aquecimento para conseguirmos tratar de roupa e melhor nos aconchegarmos de noite; e duas outras peregrinas, asiáticas, que a ritmo diferente, permitindo mantermos a distância e a solidão na dose desejada, lá se iam sempre cruzando connosco, nos fazendo sentir acompanhadas, vigiadas, protegidas todo o tempo.

juntas, as quatro, partilhámos a primeira noite no albergue de Sergude-Carral – espaço aberto muito recentemente, com excelentes condições e silêncio que baste, pouquíssimo frequentado porque a maioria dos peregrinos que percorre o Caminho Inglês escolhe faze-lo a partir de Ferrol e não de Corunha. juntas jantámos no pequeno e castiço café, situado a 100 metros, partilhando com brindes pão e vinho.

afinal, ao medo que teima ficar connosco podemos bem bem dizer “mãos ao alto”. o Caminho faz-se bem com pão e vinho. e que bom era estar de volta.

 

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: