a nogueira da família

à tua frente gesticularam-ditaram sentenças de morte. já não davas nozes como dantes e tornaras-te um estorvo no jardim. e tu quase te deixaste morrer… de tristeza. tristeza de quem nos viu a todos nascer, crescer; e agora, no vigor da nossa idade, era tão fácil achar-te incapaz, inútil, alheados do próprio medo de deixarmos um dia de servir para alguma coisa e de também nós sermos abandonados. alheados dos anos que serviste e alimentaste a minha/tua família.

não arredei pé da tua beira até os convencer que não seria justo desejar-te a sorte de que todos fugimos: a de nos cortarem as raízes e de nos retirarem a liberdade de prosseguirmos na vida com dignidade só porque envelhecemos, só porque deixamos de produzir o que esperam de nós ou porque (aparentemente) não temos a beleza e vigor de outros tempos. era só o que faltava tirar-te deste pedaço de terra que é mais teu do que nosso!

vivemos numa sociedade esquecida de si própria, remetendo os velhos para longe da vista como se isso fosse o remédio de toda a nossa inquietação. abandonamos aqueles que são o nosso fundamento, a criação do nosso ser. afastamo-nos assim ainda mais da nossa essência.

por isso, este ano, quiseram-te cortar, desembaraçar-se de ti mas, a tempo, trouxe à consciência o desejo-direito de também nós, um dia, envelhecermos. trocaram-se as sentenças de debilidade e morte por um imenso reconhecimento-amor-respeito. e tu respondeste gratidão: deste nozes, muitas, de sobra para os bolos-rainha e aperitivos deste Natal. respondeste somos família.

 

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

w

Connecting to %s

%d bloggers like this: