aniversário

tenho ainda todos os sonhos do mundo. e uma vontade danada de viver. por isso, o que me resta depois de tempos atribulados e de nos sentirmos sem chão? arregaçar as mangas e por pés ao caminho. porque sinto-me abençoada por estar viva e ter força nos músculos, equilíbrio no corpo, todos os sentidos apurados e um coração que salta para fora de mim quando me visualizo a realizar todos os sonhos do mundo.

e não insisto mais nesse quadro de fundo que vejo longe de mim. começo aqui e agora, a partir do que tenho, a partir de quem sou. não é fácil. fácil é dizer “não consigo”, ou “não tenho dinheiro”, ou “não tenho tempo”.

passo a passo. aqui e agora. afinal, hoje é o dia do meu aniversário e que medo devo ter tido há 36 anos para rasgar o ventre da minha mãe! (creio que foi lá, ainda no útero das nossas mães, que nasceram todos os medos. creio que foi preciso sermos fortes e corajosos para virmos ao mundo.) então rasgarei caminho com a mesma coragem. afinal não viemos cá fazer mais nada senão Ser. Viver. Feliz.

(e, também por isso, fiquem atentos às novidades por aqui… partilharei esses passos, essa vida que quero feita de simplicidade e beleza.)

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: