offline saboroso

sabem aquele nervoso miudinho que nos dá no começo das férias, antes de partirmos para o nosso destino, relacionado com a vontade de conhecer tudo, fazer tudo, tirar o máximo partido? numa pessoa perfecionista e calculista como eu, com tendência e até gosto para tudo planear e controlar, isso é tramado.

tenho combatido essa tendência (também com a ajuda da minha cara-metade) e aprendido a estar muito mais presente e a viajar de forma mais consciente, uma vez que, para mim, se tornou imperativo desacelerar e relaxar nas férias.

deixei os horários e checklists para o trabalho. e, vá, ainda que tenha andado minimamente obcecada por mapas e roteiros, procurei sempre seguir estas máximas:

/ escutar e respeitar o meu corpo, gerindo de forma natural os horários de deitar e acordar, assim como as refeições. não fiz uso do despertador, dormi o que precisei, comi quando deu fome.

/ planeei minimamente os dias e tracei roteiros, mas deixando margem suficiente para pular planos, demorar-me em esplanadas e praias, deixar para trás algum ponto turístico. mais importante que conhecer um destino de uma ponta à outra é verdadeiramente vivenciá-lo. e, se possível, contactar com os locais – sempre se leva alguma coisa destas gentes.

/ por vezes esqueci o GPS e usei um mapa. sim, como antigamente! explorei estradas, locais e segui a intuição – gosto dessa folha grande, desdobrável, que podemos riscar e guardar para mais tarde recordar.

/ tirei fotos, muitas, mas não todas aquelas a que o destino convidava e deixando a publicação das mesmas nas redes sociais para depois. estarmos offline é bom e desfrutarmos do momento sem filtros também ajuda a criar memórias, plenas de sentido.

/ aceitei desde o início que nem tudo ia dar certo e acolhi de peito aberto os imprevistos, que acabavam sempre por nos surpreender pela positiva. (vá, às vezes estava prestes a reclamar, mas dias assim vividos, mais mindful, ajudam também a mais rapidamente tomarmos consciência das nossas reações e podemos escolher não reagir desse modo, trazendo maior leveza para a ocasião).

e vocês, como vivem estes dias?

Comentar

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

%d bloggers like this: